Preconceito, violência e desinformação. No país onde morrem mais de uma centena de vítimas de transfobia por ano, essas palavras ainda são realidade. Para tentar mitigar esse cenário, celebra-se o Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis, em 29 de janeiro. Além da data, há ainda iniciativas como um site que faz o elo entre profissionais trans e empresas, possibilitando inserção no mercado de trabalho formal. 

Criado em 2013, o Transemprego faz parte de uma iniciativa pioneira. Por meio da internet, ele se tornou o maior banco de talentos de profissionais Trans do Brasil, segundo divulgado no próprio site. 

Além de buscar por vagas de emprego formal para trans, é possível encontrar empresas parceiras e buscar conhecimento. Um exemplo é uma cartilha que orienta RHs sobre profissionais trans, disponível no site. Confira o link para acessar.

Vagas de emprego para trans 

De acordo com informações do site, são oferecidos para os profissionais:

  • Anúncios de vagas com Oportunidades de empregos enviadas pelas próprias empresas direto para o portal; 
  • Links para os sites das próprias empresas que desejam e estão capacitadas a receber pessoas trans; 
  • Anúncios de cursos e eventos e informações importantes para pessoas trans.

Mudanças em empresas 

Já para empresas podem ser realizadas consultorias e palestras, por exemplo.  

.

“Inicialmente, o TRANSEMPREGOS, tinha como trabalho inicial, juntar currículos de pessoas TRANS do Brasil inteiro e apresentá-los nas empresas para possíveis contratações. Não buscamos vagas exclusivas para pessoas Trans, mas inclusivas, e que estas pessoas pudessem ser analisadas pelo RH das empresas e que não sofressem preconceitos e discriminações neste processo, só por conta de sua identidade de gênero. Com o tempo e experiência, fomos percebendo que esta ação não era suficiente, pois as empresas não possuíam muitas vezes, um ambiente acolhedor e que entendesse e respeitasse a diversidade que almejava incorporar no seu dia-a dia”, cita trecho do site.

Reprodução Visibilidade trans – Site Transemprego oferece vagas de emprego para transgêneros

Para conhecer mais sobre a história, contatar e ver as vagas disponíveis basta acessar https://www.transempregos.org/

Transfobia e violência no Brasil 

Conforme citado no início deste texto, mais de uma centena de pessoas trans são mortas todos os anos no Brasil. 

Dados do  relatório da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) divulgado na quarta-feira (29), Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis – ou apenas Visibilidade Trans -, mostram que  pelo menos 124 pessoas transgênero, entre homens e mulheres transexuais, transmasculinos e travestis, foram assassinadas no Brasil no ano de 2019.