Mais de mil vagas abertas para cursos de segurança cibernética

0
59
O objetivo é o foco na preparação de profissionais para atuação como analistas e auditores em perícia digital nas empresas
O objetivo é o foco na preparação de profissionais para atuação como analistas e auditores em perícia digital nas empresas

O Centro Paula Souza (CPS) e a Cisco do Brasil anunciam nesta quinta-feira (12) a oferta de 1.142 vagas gratuitas para estudantes de Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais no curso de capacitação CyberOps Associate voltado à formação de profissionais na área de segurança digital. A iniciativa faz parte do Programa Minha Chance, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo (SDE), e será anunciada durante uma live  a partir das 17h30. Clique aqui para assistir.

O evento online contará com a participação de representantes do CPS, da Cisco e da SDE. Serão apresentados detalhes sobre o conteúdo do curso e os procedimentos para inscrição e seleção dos candidatos. Também haverá palestras sobre tendências e demandas de mercado em cibersegurança no Brasil, bem como sobre o futuro do programa Cisco Networking Academy no CPS. Recentemente, a instituição oficializou seu acordo estratégico com a empresa, tornando-se a maior parceira educacional do Cisco Networking Academy no Brasil.

 Aceleração digital

Com duração de 80 horas, o curso CyberOps Associate integra o programa CiberEducação da Cisco, uma iniciativa que une os esforços dos programas Cisco Networking Academy, de educação e empregabilidade, e do Brasil Digital e Inclusivo, voltado para aceleração digital do País. A capacitação aborda habilidades de segurança para monitorar, detectar, analisar e responder ao crime digital, incluindo espionagem e ameaças de segurança cibernética. Estão previstas ainda mais oito horas de conceitos relacionados ao desenvolvimento de habilidades socioemocionais e comportamentais, como liderança, comunicação, resolução de conflitos, empreendedorismo, entre outras. O objetivo é preparar profissionais para atuar como analistas e auditores em perícia digital em empresas de variados segmentos, órgãos do governo e terceiro setor.

Com essa iniciativa com o CPS, a Cisco está ampliando o número de bolsas para cursos profissionalizantes do Programa CiberEducação para mais de 3 mil, beneficiando estudantes em todo o país. além do CPS, o Programa conta com outros parceiros estratégicos no Brasil, como SENAI Nacional, Exército Brasileiro e SENAC Minas Gerais.

Para mais informações sobre o Programa CiberEducação Cisco Brasil acesse.