Black Friday 2020: deve ter grande volume de vendas no e-commerce

0
113
a pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe mudanças intensas para praticamente todos os aspectos das nossas vidas, e as empresas tiveram que reinventar seus negócios
existem fatores-chave que permitirão às empresas se preparar para esse período de grandes movimentos online

O festival de descontos e promoções no comércio acontecerá no dia 27 de novembro. Mesmo com a alta do dólar e em meio à pandemia da Covid-19, a expectativa do varejo é de que a Black Friday 2020 seja um período aquecido para o mercado. Nesse contexto, 7 em cada 10 internautas brasileiros afirmam ter de comprar algo neste ano por causa da pandemia, e entre os que pretendem aproveitar as promoções, a maior parte quer comprar por canais digitais e vê a data como uma oportunidade de se presentear. Os dados são da pesquisa Black Friday 2020, elaborada pela área de Inteligência do Mercado da Globo. 

Bruno Strahm | MundoEmpresa | Conteúdo relevante

Diante do novo normal, a pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe mudanças intensas para praticamente todos os aspectos das nossas vidas, e as empresas tiveram que reinventar seus negócios para poder realizar as entregas de forma eficiente, adaptando suas cadeias logísticas para esse novo cenário e enfrentando a nova tendência de consumo.

Segundo Waldir Bertolino, Country Manager na Infor, existem fatores-chave que permitirão às empresas se preparar para esse período de grandes movimentos online. Para a data, o executivo destaca algumas principais dicas. Confira:

Aposte na tecnologia

Neste sentido, o executivo explica, “embora a demanda seja alta, as organizações podem alcançar bons resultados se apostarem em tecnologia para auxiliar na gestão eficiente da cadeia de suprimentos. Além disso, requer: preparação, conhecimento e antecipação às necessidades dos clientes”.

Logística

Segundo o executivo, como em qualquer rede de distribuição, haverá emergências na transferência de produtos. As empresas de logística devem considerar esses três aspectos: depósito, transporte e mão de obra.

black friday ecommerce
Bruno Strahm | MundoEmpresa | Conteúdo relevante

“As empresas varejistas dependem cada vez mais de sua logística para garantir estoques e atendimento aos clientes, por isso o conhecimento é fundamental para enfatizar como e quando atuar, que região direcionar e com quais produtos. Em dias de temporadas de compras, as lojas devem se esforçar para cumprir os prazos de entrega e ter uma boa integração.

Importância dos dados

Bertolino ainda relata que as empresas precisam ficar alertas em todas as mudanças e aproveitarem a digitalização para uma melhor comunicação em  suas plataformas. “Por meio da digitalização e da conectividade contínua, o consumidor é quem dá o tom, então as empresas devem aprimorar o planejamento e se antecipar às necessidades, caso contrário, não conseguirão atender às demandas. O acesso a todo tipo de informação sobre preços, disponibilidade, tamanho e cor de um produto são essenciais para ter sucesso em uma boa venda”

Gerenciamento de plataformas

Para o especialista, o gerenciamento de plataformas de comércio eletrônico é muito mais fácil, barato e escalonável. Dessa forma, contamos com as arquiteturas AWS ou Azure para poder atender aos usuários em qualquer escala de tempo e pagar de acordo com o uso. Essa arquitetura sem servidor é essencial para operar em cenários como os enfrentados pelo e-commerce durante a Black Friday. Em suma, o que importa é a forma como os dados digitais disponíveis são utilizados. Isso deve orientar a tomada de decisões e a capacidade de ver o que está acontecendo”.

A experiência do cliente no centro do planejamento

O principal segredo para manter tudo o que pode acontecer durante a Black Friday sob controle é o planejamento: pense em todos os aspectos do e-commerce para estar preparado para qualquer contratempo que possa acontecer. “A Black Friday é exigente e intensa, e é preciso vivê-la como tal, porque é um evento único. O planejamento é fundamental não só para que tudo ocorra bem, mas também para atender a expectativa do cliente na hora da compra”.

experiência do usuário
Bruno Strahm | MundoEmpresa | Conteúdo relevante

Por fim, para o executivo “A experiência do cliente é o mais importante para fidelizar os negócios Sendo assim, é fundamental cuidar de todo o ciclo do e-commerce, desde o momento da compra, até a entrega rápida do produto.  Com isso, procure planejar cada detalhe que possa atrapalhar o processo e se colocar no lugar do comprador para obter os melhores resultados. Segurança é fundamental para atender às altas expectativas que os compradores têm para essas datas, pois o que eles buscam é receber seu produto com eficácia”